Painel do Associado
Seja bem vindo ao
LOGIN DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Carregando . . .

Notícia

publicado em 29/04/2022

RELEMBRE OS CASOS ENVOLVENDO O HOSPITAL SANTA MARCELINA E SUA ADMINISTRAÇÃO

De possíveis favorecimentos licitatórios a terceirizações ilegais
O SINTTARESP alerta e relembra a categoria sobre diversas denúncias envolvendo o Hospital Santa Marcelina e sua administração, já noticiadas pelo próprio Sindicato no passado.

Cerca de 300 demissões de técnicos em radiologia do referido Hospital e das AMAs administradas pela instituição foram evitadas pelo SINTTARESP por meio de um acordo, firmado em 2017. 

Ficou estabelecido que o Hospital garantiria o vínculo empregatício de cerca de 300 profissionais da Radiologia, tendo assumido para si os passivos trabalhistas deixados pela APLA (antiga prestadora de serviços), após rompimento.

(https://www.sintaresp.com.br/site/Midias/Noticia/906/grande-vitoria-para-a-categoria-sinttaresp-evita-cerca-de-300-demissoes-de-tecni)

No ano de 2016 o Departamento Jurídico do SINTTARESP solicitou ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, medida de Exibição de Documentos da licitação entre a 2F Diagnóstico por Imagem e o Santa Marcelina.

À época, uma possível demissão em massa se avizinhava, por conta da troca da prestadora de serviços. A justiça concedeu a liminar e determinou que o Hospital deveria apresentar os documentos solicitados pelo SINTTARESP.

(https://www.sintaresp.com.br/site/Midias/Noticia/800/ganhamos-liminar-contra-o-santa-marcelina)

Já em 2014 o Santa Marcelina foi denunciado por terceirizar serviços ilegalmente, pois ocorria a terceirização para a empresa Kerma, que, por sua vez, contratava técnicos como Pessoas Jurídicas, prestando serviços por meio da empresa Hall, defasando direitos trabalhistas.

Sabemos que esta prática é comum para empresas evitarem o pagamento de 40% de adicional de insalubridade, entre outros pontos.

(https://www.sintaresp.com.br/site/Midias/Noticia/411/santa-marcelina-e-denunciado-por-terceirizar-servicos-ilegalmente)

Outro caso proeminente foi o possível esquema de favorecimento no processo licitatório das AMAs, envolvendo o Hospital Santa Marcelina, liderado pela Irmã Munique Marie Marthe Burget e a empresa 2F Diagnóstico por Imagem, contratada para prestar serviços no setor de Radiologia, acima mencionada.

O hospital tinha alegado, erroneamente, que o processo licitatório com a 2F Diagnóstico por imagem não estava vigente, enquanto houvesse investigação a respeito das denúncias.

(https://www.sintaresp.com.br/site/Midias/Noticia/820/santa-marcelina-mente-em-declaracoes-feitas-sobre-processo-licitatorio)

O Sindicato estará sempre atento a questões de possíveis irregularidades envolvendo o Hospital Santa Marcelina ou qualquer outro, bem como empresas prestadoras de serviços.

Secretário de Imprensa
Georges Ken Norton de Oliveira




 
  • Comentar
  • Enviar
  • Imprimir

Ainda não há comentarios. Seja o primeiro a comentar.

Leia Também

Convênios e Benefícios

Galeria de Fotos

publicado em 26/08/2019

I ENCONTRO BENEFICENTE SINTTARESP

Jornal do Sinttaresp