X

Emissão de Boletos ACESSE

Últimas Notícias

07/03/2018

SUPEREXPOSIÇÃO NAS REDES SOCIAIS: PROFISSIONAIS DEVEM ESTAR ATENTOS AOS LIMITES E CUIDADOS NA HORA DE COMPARTILHAR CONTEÚDOS

Postagens em perfis pessoais devem ser realizadas com prudência


Foto: Pixabay

Muito além de mero entretenimento, as redes sociais uniram nossas vidas pessoais e profissionais e tornaram-se ferramentas extremamente eficazes para ampliar nossa rede de contatos. Em pleno 2018, fica cada vez mais difícil nos depararmos com alguém que não integre as centenas de usuários do Facebook, WhatsApp, Twitter e Instagram. Esses aplicativos tomam conta de boa parte do nosso dia e, por isso, é necessário estar atento aos conteúdos que iremos compartilhar e dar visibilidade através deles.

Muitas vezes utilizamos essas plataformas para divulgar informações referente a profissão. No entanto, postagens supostamente inofensivas podem representar uma violação às condutas éticas e aos direitos dos pacientes.

O Artigo 2° das Normas Fundamentais do Código de Ética dos Profissionais das Técnicas Radiológicas prevê o compromisso que os membros desta Categoria devem ter com a preservação da dignidade humana.

Vale destacar que o Código de Ética enuncia as condutas necessárias a boa e honesta prática da profissão e relaciona direitos e deveres dos Tecnólogos e Técnicos em Radiologia. Nota-se que ao transgredir qualquer um destes princípios, o profissional não prejudicará somente a ele, mas toda uma Classe.

Além disto, publicar imagens e radiografias sem autorização prévia é dolo previsto no Artigo 5º Inciso X da Constituição Federal, o qual afirma: “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”.

Os profissionais da Radiologia devem manter-se alerta às publicações que compartilham, sobretudo aquelas nas quais contém informações particulares. Esse cuidado tem como finalidade preservar os interesses e direitos dos pacientes e contribuir para a dignidade da profissão.

Reparem que a liberdade de expressão da Categoria deve permanecer sendo respeitada, contudo, é crucial tomarmos precauções e utilizarmos as redes sociais com responsabilidade, cientes de que há grandes oportunidades nestas plataformas, mas também consequências para os nossos atos.
 
A ÉTICA PROFISSIONAL É A CHAVE PARA UM AMBIENTE DE TRABALHO CIVILIZADO E SAUDÁVEL!
 
Assessoria de Imprensa – SINTTARESP
Mais Notícias
« voltar 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 avançar »
www.infosind.com.br