Painel do Associado
Seja bem vindo ao
LOGIN DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Carregando . . .

Notícia

publicado em 28/06/2021

CONHECENDO A CONDUTA DE CARMELA E VALTER LUCHETTA NA RADIOLOGIA

De tráfico de influência ao confronto aberto
O Sinttaresp, antes de tudo, deixa claro que sempre teve uma conduta ilibada e sempre se ateve aos fatos ocorridos na radiologia, e ainda assim respondeu dois processos investigatórios de acusações das intenções de Carmela e Valter Luchetta.

Os dois processos foram arquivados, pois não foram constatadas irregularidades, e nenhum tipo de prova que comprometesse o Sindicato. 

Ambos sempre se aproximaram de pessoas, inclusive do Sinttaresp, para benefício próprio. Tráfico de influência e perseguição de empresas é algo que o Sindicato jamais tolerou ou se curvou.

Valter e Carmela Luchetta já acusaram o Sindicato de começar ataques por cobrar dinheiro de convenções coletivas. Isso é pura mentira! A verdade, no entanto, é que não somos coagidos e nem coagimos de nenhuma forma, nem praticamos tráfico de influência, pois o Sindicato sempre teve a conduta transparente e prestou contas à categoria. E a celebração de acordo coletivo é somente para benefício da categoria tendo como foco o bem dos tecnólogos, técnicos e auxiliares em radiologia, como por exemplo o reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

O Sinttaresp não será utilizado para outras finalidades que não as de suas atribuições para defender a categoria e não fornecerá informações para usufruto de terceiros na tentativa de uma formação de um monopólio na radiologia. 

Chegou ao nosso conhecimento que Agnaldo, da Gaviões da Fiel, que não sabemos quem realmente é na radiologia e Júlio César dos Santos, presidente do CRTR-SP, pessoas sempre criticadas por Valter Luchetta – cuja aproximação recente causa estranheza a todos –, são nomes que o Sinttaresp pede mais explicações sobre as reais intenções de Valter Luchetta.

Luchetta sempre utilizou funcionários para atender a interesses próprios e perseguindo-os caso não concordassem com esta postura, inclusive se aliando aos órgãos para prejudicá-los.

Valter e Carmela Luchetta usavam o nome do Sinttaresp para intimidar os concorrentes, mesmo o Sindicato nunca tendo participado de licitação e tampouco decidido sobre o vencedor licitatório.

Haverá moeda de troca entre Valter Luchetta e Júlio César dos Santos neste caso?

A única aproximação do Sinttaresp com essas pessoas sempre foi com relação a defesa dos trabalhadores e fechamentos de acordos coletivos e melhorias no ambiente de trabalho.  E infelizmente percebemos que as intenções não eram as mesmas de ambas as partes e houve então o rompimento.

O SINTTARESP SEMPRE AGIRÁ DE ACORDO COM OS INTERESSES DA CATEGORIA E NÃO DE ACORDO COM INTERESSES PESSOAIS.

SINDICALIZE-SE, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!


Secretário de Imprensa
Georges Ken Norton de Oliveira

Confira a promoção do arquivamento do inquérito civil mencionado acima:








 
  • Comentar
  • Enviar
  • Imprimir

Ainda não há comentarios. Seja o primeiro a comentar.

Leia Também

Convênios e Benefícios

Galeria de Fotos

publicado em 26/08/2019

I ENCONTRO BENEFICENTE SINTTARESP

Jornal do Sinttaresp